4 de out de 2012

Estréia The Voice brasil

Hoje vou falar  sobre a estréia do "The Voice Brasil", espero que gostem! 
Confesso que não criei grandes expectativas para a estréia do The Voice Brasil. Não que o formato do programa não seja bom, é  sensacional! Não, também, pelo fato da direção, porque, vamos combinar, que Boninho é o “Midas” da tv brasileira. Assisto o The Voice desde a primeira edição (obrigada @nanymata ) e posso dizer que o sucesso do programa vai muito além da qualidade vocal dos participantes.
O carisma dos treinadores  é na minha opinião, um tempero a mais na disputa. Admito que esperava uma seleção melhor de treinadores,
 porque Daniel e Claudia Leite não são lá grandes nomes da nossa musica, e não falo por implicância com sertanejo e muito menos por essa briga tosca de Milk x Ivete , mas num país de Marisa Monte, colocar Milk, deprime um pouco... Brown foi o único que entrou no espírito do programa, apesar de o “corassão baum” e bater pra quase todos... Daniel entrou mudo e saiu calado... Pouco fez e quando teve a chance de se redimir de sua completa insignificância batendo pro índio, não o fez! Lulu parecia deslumbrado, querendo todos no seu time... O que me faz acreditar cada dia mais que o Brasil é o país da caridade rs... Milk, bem a Milk foi aquela que chorou e fez caras e bocas, num cosplay bizarro da Xtina.

Ok! A estréia surpreendeu... positivamente é claro! Candidatos com alto nível vocal se destacaram, e o que é melhor, tenderam a escolher Lulu e Brown. Cheguei a ficar com dó da Claudia Leite , pela sua total falta de capacidade argumentativa, e o Daniel... bem esse... não sei o que fez ainda!
Tiago Leifert optou pela máxima “menos é mais” e, se não errou na dose (como eu esperava) também não acertou por completo. Faltou um pouquinho mais de participação e emoção junto das famílias... Mas foi estréia e se pensarmos na estréia de Bial no BBB1, sabemos que dá pra encontrar o tom.
Nessa estréia, 2 fatos me chamaram atenção: 
1 - voz da brasiliense Elen Oléria, que foi disputada pelos 4 treinadores;

2 - A eliminação do Índio, não por não ter gostado ou qualquer outro motivo
 preconceituoso, mas pelo fato de já não se ter um vencedor na primeira semana, como foi no BBB12 com o cowboy, que nem o nome lembro mais. rsrs
The Voice não é programa de caridade e até as caprichetes só tem alguma chance na brincadeira se os treinadores deixarem. #Oremos Que só cheguem os feios na final kkkk
Chegaram a fazer campanha pelo Índio no Twitter, mas essa campanha foi feita provavelmente por quem desconhece o formato, afinal... os treinadores não ficam de costas a toa né?!
Num balanço geral considerei a estréia positiva e agora sim, estou me animanda para o segundo episódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário